Curso de Biologia (Licenciatura) - Graduação - FHO | Fundação Hermínio Ometto

Biologia (Licenciatura)

Pioneiro na FHO | Fundação Hermínio Ometto, o curso de Biologia tem formado profissionais desde 1978 e conta com infraestrutura diferenciada, integrada por laboratórios básicos e específicos, a começar pelo próprio campus, composto por extensa área verde, usada como laboratório de aulas práticas; visitas técnicas e trabalhos de campo, que proporcionam ao estudante contato direto com diversos ecossistemas; e corpo docente formado, em sua grande maioria, por mestres e doutores com vasta experiência profissional.

A Licenciatura em Ciências Biológicas

Na habilitação em licenciatura há a preocupação em formar profissionais capacitados e comprometidos com o ensino e com a pesquisa em educação, além de permitir a continuação dos estudos na área acadêmica por meio de especializações, mestrado e doutorado. Com sólida formação, tanto em conceitos biológicos como pedagógicos, o licenciado é capaz de intervir na transformação da realidade educacional regional.

No curso, você vai estudar Zoologia, Botânica, Evolução, Genética, Biologia celular, Histologia, Ecologia, Biologia molecular, Parasitologia, Imunologia, Anatomia humana, Microbiologia, Fisiologia, Etologia entre tantas outras que permitirão sua atuação como pesquisador depois de formado. Além disso, terá disciplinas pedagógicas que o capacitarão a atuar como professor de Ciências e Biologia em escolas de Educação Básica.

Clique na foto para visualizar a galeria.

Arboretos
Museu de Zoologia
Casa de Vegetação
Jardim Experimental
Lab. de Meio Ambiente
Lab. de Bioquímica
Lab. de Microbiologia
Lab. de Micromorfologia
Lab. de Química 1
Lab. de Biologia Molecular e Genética
Lab. de Anatomia
Lab. de Pesquisa 1
Labs. Multidisciplinares
Campus
Campus
Biblioteca
Labs. de Informática
Alimentação
Estacionamentos
Conjunto Poliesportivo
Outros Serviços

Os cursos de Biologia (bacharelado e licenciatura), Biomedicina, Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia compõem o Núcleo Comum de Saúde, com as disciplinas do primeiro ano compartilhadas. Desta forma, o aluno recebe uma sólida formação básica, composta por disciplinas como Anatomia, Fisiologia, Biologia Celular, Bioquímica, que o preparam para as específicas de cada curso, que virão na sequência.

Outro benefício importante do Núcleo Comum é o fato de permitir ao aluno que não se adaptar ao curso escolhido, optar por outro que o compõe, aproveitando as disciplinas cursadas.

Um grande diferencial deste curso é a possibilidade de aluno obter em apenas 05 anos, duas titulações – Licenciatura e Bacharelado –, por meio do aproveitamento das disciplinas cursadas, ampliando, assim, suas possibilidades profissionais.

O Licenciado em Ciências Biológicas pode atuar em:

- Escolas/cursos de Educação Básica, Técnica, Profissionalizante, Treinamento e em outros ambientes de educação formal e não formal.

- Projetos, ONGs e órgãos públicos com atuação socioambiental;

- Aquários, Zoológicos, Parques, Unidades de Conservação;

- Órgão de vigilância sanitária e vigilância epidemiológica;

- Laboratórios de biotecnologia;

- Produtoras de conteúdo e material de educação e divulgação científica.

Além disso, permite a continuidade de seus estudos em nível de pós-graduação, no Brasil ou em outros países, o que permite também sua atuação profissional na área da pesquisa e como professor universitário.

O curso de Ciências Biológicas tem o compromisso com a formação integral do aluno, oferecendo práticas diferenciadas que permitem o desenvolvimento das competências necessárias para a sua inserção no mercado de trabalho, como os trabalhos de campo e as visitas técnicas curriculares. Alunos dos cursos de licenciatura e bacharelado entram em contato direto com os ecossistemas, uma experiência importante para o futuro biólogo. Atualmente, são realizadas as seguintes atividades:

Micro-bacias hidrográficas dos municípios vizinhos a Araras: reconhecimento da geografia e paisagem da região;

Parque Estadual da Ilha do Cardoso, em Cananéia (SP): reconhecimento da diversidade florestal de Mata Atlântica costeira como restinga, florestas costeiras e manguezais. Importante centro de pesquisa na área de conservação;

Parque Estadual de Porto Ferreira, em Porto Ferreira (SP): reconhecimento e estudo da vegetação nativa de Cerrado, Floresta Estacional Semidecidual e Mata Ciliar, e sua rica biodiversidade;

Parque Nacional da Serra da Canastra, em São Roque de Minas (MG): estudo das formações geológicas da Serra da Canastra e do Cerrado, do conjunto de nascentes e cachoeiras e das inúmeras aves silvestres e vegetação típica da região;

Parque Estadual da Ilha Anchieta, em Ubatuba (SP): estudo da zona litorânea (norte de São Paulo), manguezal, restinga e Mata Atlântica, além da experiência de mergulho livre;

Parque Estadual Intervales, em Ribeirão Grande (SP): estudo da maior área remanescente de Mata Atlântica do Brasil, repleta de cavernas e com rica biodiversidade;

Pedreira de Rio Claro: estudos paleontológicos;

Zoológico de São Paulo: estudo de comportamento animal e conservação.

Quilombola Ivaporunduva: visita à comunidade do quilombola para imersão e estudo antropológico dos costumes culturais e das práticas tradicionais da região do munícipio de Eldorado, às margens do Rio Ribeira de Iguape. O quilombola está inserido dentro de uma área de Mata Atlântica com a grande riqueza de espécies vegetais e animais.

O apoio Institucional para o transporte dos alunos garante a participação de todos nas atividades de campo. Além disso, o curso oferece de maneira opcional e gratuita, a oportunidade do aluno participar de grupos de estudos nas áreas de Toxicologia, Microbiologia, Ecologia e Educação Ambiental, que também proporcionam práticas no campus e saídas para estudo de caso.

Na FHO o conhecimento vai muito além de salas de aula e laboratórios. Vivências, projetos e visitas técnicas qualificam a formação profissional do aluno. Confira a galeria abaixo:

Ilha Anchieta/SP
Ilha do Cardoso/SP
Serra da Cantareira e Aquário de SP
Parque Estadual de Intervales/SP
Parque Estadual Cantareira/SP
Furnas e Serra da Canastra/MG
Pantanal
Cananéia/SP
Projeto de Extensão CIÊNSINANDO
Núcleo de Estudos de Histologia Vegetal - NEHV
Zoologia e Ecologia na Escola
Semana de Estudos da Biologia
Projeto Ecomudas
Viagens de campo da Biologia

"Desde muito cedo eu já havia escolhido a graduação que queria fazer. Sempre me fascinei pelo universo dos seres vivos e a possibilidade de conhecer diversas áreas que esse curso proporciona. Em 1997, ingressei no curso de Ciências Biológicas na FHO. No terceiro ano do curso tive a oportunidade de estagiar no Centro de Citricultura Sylvio Moreira/IAC, um centro de excelência em pesquisas na área de genética e melhoramento vegetal. Após minha formação na FHO e meu estágio de iniciação científica, tive a certeza de que queria seguir carreira na pesquisa, nas áreas de Biologia Molecular e Biotecnologia. Contudo, achei que poderia ganhar mais experiência antes de cursar o Mestrado, então iniciei minha jornada como técnica no mesmo laboratório. Nessa época, esse laboratório fazia parte do consórcio para o sequenciamento de genomas, o AEG - Agronomical and Enviromental Genomes. Esse projeto foi muito importante para a comunidade científica, onde foi sequenciado o primeiro genoma de uma bactéria fitopatogênica Xylella fastiosa, a cana de açúcar, o genoma bovino entre outros. Então, em 2005 ingressei no curso de Mestrado na Unesp na área de genética de microrganosmos e, em 2007, iniciei o doutorado no mesmo programa, porém com uma abordagem na genética de plantas. Nesse período, participei de vários Congressos com interação internacional e publiquei meus trabalhos em revistas internacionais de grande impacto na comunidade científica. Atualmente, faço pós-doutorado no Cento de Citricultura e já oriento alunos de iniciação científica, inclusive alunos de Ciências Biológicas na FHO. Hoje, conduzo minhas pesquisas e sei que minha parte teórica da graduação e os excelentes professores que fizeram parte da minha formação me deram a base para que eu conquistasse meu espaço no universo da pesquisa!"

Carolina Munari Rodrigues
Pós-doutorado no Centro de Citricultura Sylvio Moreira/IAC/Pesquisas nas áreas de biologia molecular, genômica e transcriptômica

"Quando iniciei a faculdade, em 2012, nunca havia pensado que seria Bióloga. Comecei fazendo Engenharia Química, pois sou Técnica em Química e havia acabado de ser contratada por uma empresa alimentícia. Após três semanas de aula, eu me sentia perdida, infeliz e não estava gostando do que aprendia. Percebi que não estava no curso certo. Um dia, por curiosidade, fui com minha amiga Juliene para a FHO e assisti com ela a uma aula do curso de Ciências Biológicas. Foi simplesmente instantâneo: era isso que eu queria! Porém as aulas já tinham começado e eu não queria esperar mais um ano. Por muita sorte, a FHO havia divulgado duas bolsas de 50% para vagas remanescentes no curso, e não pensei duas vezes. Saí da outra faculdade, fiz a prova e passei. Estes quatro anos na FHO só me provaram que escolhi o melhor para mim. É muito bom quando algo em nossa vida se encaixa completamente em quem somos e cada conhecimento novo que eu adquiria no curso me fazia uma pessoa mais feliz e mais confiante de que estava no caminho certo. É claro, que como qualquer decisão, existem momentos difíceis, disciplinas mais complicadas e trabalhar em grupo que nem sempre são fáceis. Cometi muitos erros e acertos, porém meus professores nunca me deixaram desistir. Afinal, faculdade é um aprendizado constante.Me sinto honrada de ter concluído este curso extraordinário na FHO! Os conhecimentos que adquiri me fizeram ver o mundo com outros olhos, a dar mais importância a todo ser vivo, a descobrir que o mundo é mais mágico do que imaginamos e que todo trabalho, pode sim ser realizado, só depende de nossa dedicação. Após o término do curso fui promovida na empresa em que trabalho e hoje faço parte do controle de qualidade, tendo a microbiologia sempre presente em minhas rotinas. Também auxilio meus pais, que são agricultores. A Biologia me ajudou a cuidar melhor do solo e a entender o desenvolvimento e as necessidades das plantas".

Michele Sardinha

"Em 2011 me formei em Licenciatura e Bacharelado em Biologia pela FHO e, hoje, vejo a importância do curso no decorrer de toda minha trajetória acadêmica, profissional e pessoal. Ingressei aos 17 anos na faculdade, totalmente imatura, insegura e cheia de dúvidas. A minha única certeza era aprender e aproveitar ao máximo cada oportunidade. E foi exatamente isso que aconteceu! A Instituição, os professores e funcionários, me abraçaram de uma maneira que, a cada semestre, fui me sentindo mais acolhida, segura e confiante do meu potencial.  Fizeram-me acreditar que os meus sonhos poderiam, sim, se tornar possíveis. Com isso, entre aulas teóricas, aulas práticas nos diversos laboratórios, estágios, visitas e viagens acadêmicas, fui desvendando todas as áreas da biologia e me descobrindo como profissional. Hoje, aos 28 anos e recém doutora em Microbiologia Agropecuária pela UNESP, eu tenho a honra e orgulho de dizer que a FHO continuou fazendo parte de mais essa conquista! Foi nos laboratórios da Instituição, juntamente com o auxílio de alguns professores, que conclui grande parte dos experimentos da minha tese. E o melhor de tudo foi perceber que a escolha que eu fiz, ainda tão jovem e imatura, fez toda a diferença na minha formação. Agora, sou segura em dizer que os meus sonhos estão apenas começando a se realizar".

Luriany Pompeo Ferraz
Doutora em Microbiologia Agropecuária pela Unesp

» R$ 1.416,40* (noturno)

» R$ 708,20* (noturno)

Bolsistas

» 96 x R$ 354,10* (noturno)

Não-Bolsistas

» 96 x R$ 708,20* (noturno)

(*) Valores 2022 com desconto pontualidade (4%) para pagamento até a data do vencimento (dia 10 de cada mês). Valores sujeitos a reajustes anuais.

» 4 anos (noturno)

» 3.203 horas | 3.844 horas aula (noturno)

Prof. Me. Carlos Eduardo Signorini
cesignorini@fho.edu.br

Conheça os Cursos

 
Central de atendimento Central de Atendimento - FHO
Precisa de ajuda? Fale com um atendente